Pesquisar

27 de out de 2016

Diferenças entre Ciências da Computação, Engenharia da Computação, Sistemas de Informação entre outros

Uma das grandes dúvidas para quem pretende realizar um curso superior na de Tecnologia da Informação e Comunicação (principalmente para aqueles que saíram do ensino médio recentemente), é: qual dos cursos fazer? Ciências da Computação, Engenharia da Computação ou Sistemas de Informação?
Ainda tem os cursos de Engenharia de Software, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Sistemas para Internet, Redes de Computadores, Gestão de TI, Licenciatura em Informática etc etc etc...

Falarei sobre cada um deles, mas para isso, precisamos dividir em cursos de Bacharelado, Licenciatura e de Graduação Tecnológica. Todos considerados cursos superiores.

Bacharelados (4 - 5 anos de duração):


Bacharelados são os que mais duram e os que mais têm matérias, portanto, os que mais agregam conhecimento e amplitude na área em que se estuda. Nesta categoria temos:

Ciência da Computação


Geralmente com duração de 4 anos, este curso ensina basicamente o aluno a ter "ciência/conhecimento" de como a computação funciona, de suas várias áreas, sobretudo na área de algoritmos, programação e estrutura de dados e de como os softwares e sistemas operacionais funcionam "por debaixo dos panos". O aluno formado sai apto a realizar pesquisas científicas eficientes no ramo da computação e resolver diversos problemas quotidianos através da programação, banco de dados, podendo até usar inteligência artificial e conhecimentos em sistemas distribuídos.

Engenharia da Computação


Neste curso, geralmente durando 5 anos, o aluno aprende a desenvolver tanto software (parte lógica/sistema) quanto hardware (parte física/eletrônica) de um computador. O curso mistura aspectos de engenharia, eletrônica e computação para tornar seus estudantes aptos a criarem computadores. Não se embasa tanto na parte de software quanto no curso de Ciências da Computação, em contraponto, ensina eletrônica, criação de placas e de dispositivos periféricos e desenvolvimento de sistemas embarcados.

Sistemas de Informação


Durando em média 4 anos, este curso ensina a criar, implantar, realizar manutenção em sistemas de informações, através de programação, programação web, banco de dados etc. Além desses citados, o curso foca mais na área de negócios, administrativa, empresarial e corporativista, em comparação a Ciências da Computação que é mais na área científica. É provável que também haja na grade curricular matérias de modelagem e análise de software, e-commerce, desenvolvimento web, fundamentos da administração etc.

Engenharia de Software


Variando de 4 à 5 anos, o curso foca quase que exclusivamente em todas as fases do desenvolvimento de um software, seja ele simples ou complexo. O aluno tem muitas matérias de programação (dependendo da universidade, aprende todos os paradigmas mais conhecidos), análise, modelagem, gestão do software, gestão de equipes de desenvolvimento, aprende os padrões de design e arquitetura e tudo que vá manter o software desde seu nascimento, manutenção, aprimoramento, implantação e treinamento. É pouco provável que o aluno terá conhecimento de redes, sistemas embarcados, distribuídos, segurança da informação nem mesmo aprofundado em banco de dados... O foco é mesmo voltado a"software".

Licenciatura (3 - 4 anos):


Esses cursos são destinados a tornar o aluno em um professor na área em que estuda. Assim como existe licenciatura em matemática, física, geografia, etc, também existe para a área de TIC.

Licenciatura em Informática


Curso que dura entre 3,5 à 4 anos, forma um profissional apto a lecionar informática nas escolas e cursos. O profissional adquire a prática do ensino, focando também em ensinar programação e algoritmos (em boa parte das instituições que ministram o curso), além de ensinar as pessoas a terem os primeiros contatos com TIC . O professor de informática pode dar aulas em escolas públicas e privadas no ensino básico e médio, em cursos técnicos e profissionalizantes.

Graduação Tecnológica (2 - 3,5 anos de duração):


Esses cursos são especificamente focados em alguma área e tem como ideia, formar um profissional não com um conhecimento tão amplo, mas mais focado naquele assunto em que estuda, aprofundando-se naquela área. Logicamente, ser tecnólogo não faz da pessoa menos capaz que um bacharel, apenas possui um conhecimento acadêmico mais reduzido e focado naquilo que se estuda.

Análise e Desenvolvimento de Sistemas


Durando entre 2-3 anos, o curso é exclusivamente focado em analisar e desenvolver sistemas. O aluno terá matérias de programação para pelo menos 2 plataformas (geralmente desktop e web), análise de requisitos, qualidade de software, processos e etc, geralmente inclui uma matéria de banco de dados, uma de redes de computadores, uma na área de sistemas de informação também. Muitas universidades reduzem bastante um curso de Sistemas de Informação ou de Ciências da Computação, e adicionam umas matérias a mais para poder criar esse curso. 

Redes de Computadores 


Esse curso forma um profissional apto a criar, configurar, implantar e manter redes de computadores em funcionamento, seus serviços, acessos, segurança, etc, de todo porte, fazendo com que o profissional estude desde a parte física (cabeamento, dispositivos, roteadores, etc) até a lógica (configurar Windows, Linux e seus linguagens de script, por exemplo). Para isso o profissional aprende a manter servidores e provedores de acesso e configurar todo tipo de rede através de seus padrões e normas. 

Gestão de TI


O curso de Gestão de Tecnologia da Informação (2-3 anos) forma um profissional apto a gerenciar equipes, projetos, setores e empresas de TI. No curso é comum ver matérias de administração, governança de TI, gestão de serviços, projetos, pessoas, conflitos e etc, além de ministrar matérias básicas sobre redes, algoritmos (às vezes) e comércio eletrônico. Boa parte das matérias desse curso estão dentro de Sistemas de Informação.

Sistemas para Internet


Com duração entre 2 à 3 anos, o tecnólogo em Sistemas para Internet é o profissional que vai ter como foco principal o desenvolvimento web, tanto de sistemas como sites. O aluno que estudar nesse curso terá matérias de escrita de linguagens da web (HTML, CSS e JavaScript), além de conhecer linguagens server-side como Java ou PHP, e aprenderá também um pouco de elementos do design e principalmente webdesign para aplicar nas páginas, geralmente possui também umas matérias de modelagem, requisitos, análise, e e-commerce.

Cursos mais raros intimamente ligados à TIC


- Cursos geralmente mais incomuns de encontrar porém existentes em vários lugares do Brasil

Bacharelados:


  • T.I.C./Informática - 4 anos (*olhando algumas grades curriculares, há muita semelhança com o curso de Sistemas de Informação) 
  • Análise de Sistemas (4 - 5 anos)
  • Engenharia de Redes de Comunicação (4 - 5 anos)
  • Engenharia de Telecomunicações (5 anos)
  • Matemática Científica Computacional (4 anos)

Tecnológicos (2 - 3 anos):

  • Banco de Dados 
  • Processamento de Dados 
  • Segurança da Informação

Outros cursos superiores que envolvem TIC diretamente:


  • Bacharelado em Engenharias em geral (5 anos)
  • Bacharelado em Administração de Sistemas (Admin. com foco em SINF) (4 anos)
  • Tecnologia em Design Gráfico (2-3 anos)
  • Tecnologia em Design e Entretenimento em Jogos Digitais (2-3 anos)
  • Tecnologia em Jogos Digitais (2-3 anos)
  • Tecnologia em Sistemas Multimídia (2-3 anos)
  • Tecnologia em Infografia (2-3 anos)

Uma dica pessoal: se depois de ler tudo e ainda tiver dúvidas, NÃO SOUBER o que fazer e puder pagar por um bacharelado, faça Sistemas de Informação. Ou, caso queira economizar e fazer um curso tecnológico, que é mais rápido, faça Gestão de TI ou Análise e Desenvolvimento de Sistemas.

NOTA: Para criação deste post, foi pesquisado em grades curriculares de várias instituições de ensino superior, como UFSC, Udesc, Uninter, Furb, Uniasselvi-ead, Estácio de Sá, USP, UFPR, UFRGS, Unisul, Univali, Fatec's, Unicesumar, entre outras, que por sua vez, disponibilizam em seus sites as grades curriculares.

Bom, o post é um pouco cansativo para ler inteiro, mas espero ter esclarecido as dúvidas daqueles que tinham, qualquer opinião e comentário é bem vindo, então comentem aí em baixo o que vocês acham e o curso que fazem/pretendem fazer! Obrigado a todos!!!

4 comentários:

  1. Muito bem explicado, com certeza ajudará a esclarecer dúvidas e descomplicar na hora de escolher que caminho seguir.

    ResponderExcluir
  2. Fazer um curso técnico em informática é um bom começo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, se a pessoa fizer integrado ao ensino médio... É um bom começo

      Excluir