Pesquisar

21 de abr de 2016

Algoritmo de Concomitância de Períodos


Procurando por algoritmos sobre concomitância de períodos de datas, ou mesmo de concomitância numérica na internet, pouco achei sobre. Portanto acho que serei pioneiro na escrita sobre tal, e espero que o post possa ajudar também àqueles que trabalham desenvolvendo softwares previdenciários para calcular o tempo aproveitado de serviço para contribuição de aposentadoria.

 

 Introdução à concomitância de períodos numéricos

 

Primeiramente, o que é concomitar?
De acordo com o Dicionário inFormal online significa "V.T. Ação de produzir ou fazer várias coisas ao mesmo tempo, no mesmo momento. ". Entende-se por "período", dois números x e y, por exemplo (início e fim), capazes de gerar um conjunto numérico linear, criando então um vetor com elementos sequenciais de x até que chegue no y: {x, x+1, x+2, x+3, ... , y}.
Exemplificando: Tome como base x=2, y=6, então o conjunto de x e y será: {2, 3, 4, 5, 6}. Vamos nomear esse conjunto de "P", para entender mais à frente.

A concomitância de períodos nada mais é do que a intersecção de conjuntos numéricos, formando novos conjuntos a partir da intersecção que foi feita (se houver). Como o foco desse post visa auxiliar desenvolvedores de softwares previdenciários, a concomitância de períodos numéricos e de períodos de datas, nesse caso, funciona um pouco diferente, não sendo apenas fazer meras intersecções.